Medicamentos

CANOAS | Estoque Aberto: a ideia que abre a tampa da transparência e deve inspirar vereadores RS afora

Adotado pelo município, medida permite que qualquer cidadão saiba se o remédio que precisa está em falta nas farmácias municipais

O projeto do Estoque Aberto, de autoria do vereador Jefferson Otto (PSD), se não viralizar em câmaras municipais da região e fora dela, deveria. Adotado pelo governo na semana passada, parte de uma ideia simples – e bastante eficaz – de transferir ao cidadão a fiscalização sobre o estoque de medicamentos nas farmácias municipais – ou a falta deles, se ocorrer.

"Recebia muitas informações, especialmente pelas redes sociais, de pessoas que iam até as farmácias e não tinha o remédio que ela precisava, mesmo quando ainda não era vereador", conta. "Agora, o cidadão pode consultar antes e saber, em tempo real, em qual das farmácias tem o medicamento".

 

LEIA MAIS

CANOAS | 10 mil desempregados vão receber passagens no Oportunidade Canoense

CANOAS | Procon já notificou quatro postos por preço abusivo: surgiu suspeita, denuncie

 

Quando o projeto surgiu, Jefferson conversou com a Secretaria da Saúde, que implementou mudanças no sistema informatizado das farmácias para que os estoques pudessem ser disponibilizados de forma online a toda a população. "Eles foram muito parceiros da ideia", confirma o parlamentar.

"Além de garantir informação, o Estoque Aberto também permite que todo cidadão seja um fiscal dos estoques, caso haja falta de medicamentos", avalia. Segundo o vereador, o governo tem mantido as compras em dia para evitar desabastecimento de produtos, o que deve ser agilizado com a possibilidade de todo cidadão fiscalizar o estoque.

"Não é um projeto pensando em um governo, que inclusive eu defendo. É um projeto para cidade, independente de quem esteja prefeito, a transparência fica", diz.

Jeffeson conta que não tem notícia de outra cidade que tenha adotado medida parecida, mas que seu gabinete tem recebido pedidos de todo o Estado para outras cidades tenham iniciativas parecidas. "Uma boa ideia a gente tem que espalhar", confirma.

O sistema está disponível na página da Prefeitura de Canoas e pode ser acessado clicando aqui. A ferramenta, lançada em 23 de outubro durante o Prefeitura na Rua, utiliza a tecnologia como aliada para propiciar mais qualidade ao atendimento aos canoenses e, ao mesmo tempo, dar transparência à gestão, explica o diretor de Tecnologia e Inovação em Saúde (DTIS), da Secretaria Municipal da Saúde, Tiago Machado. 

É possível, ainda, acessar a lista completa para verificar quais são os medicamentos essenciais fornecidos pelo município e os especiais, que ficam sob responsabilidade do governo do Estado. O Estoque Aberto Canoas é um projeto da DTIS/SMS em parceria com o CanoasTec e a Coordenação de Assistência Farmacêutica/DPAS/SMS.

 

Farmácias participantes

Farmácia Básica Municipal (Região Central) – Av. Santos Ferreira, 1655, Bairro Marechal Rondon
Farmácia Niterói (Região Sudeste): Rua Lajeado, 1373, Loja 104, Bairro Niterói
Farmácia Rio Branco (Região Sudoeste): Rua José de Alencar, s/nº, Bairro Rio Branco
Farmácia CAIC (Região Nordeste): Rua 21 de Março, 100, Bairro Guajuviras
Farmácia Caçapava (Região Noroeste I): Rua Caçapava, 201, Bairro Mathias Velho
Farmácia União (Região Noroeste II): Rua São Borja, 395, Bairro Mathias Velho

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »