Ônibus parados

CANOAS | Com salários em atraso, motoristas e cobradores da Sogal páram em protesto; quinta tem reunião

Ônibus que deixaram a garagem da empresa pela manhã, aos poucos, foram estacionando nos finais de linha. Movimento avisa que coletivos retomarão o itinirários à tarde

Não foi por falta de aviso. Esta manhã, logo depois o primeiro horário de pico do dia, motoristas e cobradores da Sogal cruzaram os braços em protesto pelo atraso nos pagamentos de julho e da quinzena de agosto. Por volta das 9h30 desta quarta-feira, 1º, alguns poucos coletivos ainda circulavam pela cidade.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Menos de conta de luz, mais grana para as escolas: o plano de Canoas que Paulo Guedes deveria conhecer

CANOAS | Acordo com empresas de ônibus estanca greve metropolitana; já na Sogal, clima ainda é de tensão

 

A paralisação não é articulada pelo Sindicato dos Rodoviários que, no entanto, confirma a informação. A entidade assinou um acordo com a Prefeitura, o Ministério Público e a empresa garantindo a continuidade do serviço, mas não pode impedir o crescimento da insatisfação da categoria com mais um final de mês sem dinheiro nas contas dos trabalhadores.

Segundo uma fonte ligada à empresa, havia um combinado para que quitação dos salários de julho ainda neste 1º de setembro. O dinheiro, no entanto, não foi depositado pela manhã – e a negativa acabou sendo o estopim para paralisação dos ônibus.

Interlocutores do movimento afirmam que até o final da tarde, quando acontece um novo pico de demanda pelo transporte coletivo municipal, os ônibus retomarão os horários normalmente – evitando maiores prejuízos aos trabalhadores. 

Uma reunião de emergência acontece no final da manhã entre a Junta Governativa e a direção da Sogal para avaliar possíveis medidas. 

O blog acompanha.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »