Vacinação

CANOAS | 10 mil canoenses sem segunda dose: daqui a pouco vem a fake de que a culpa é do prefeito e do governador

Atrasos na entrega deixam em espera população com 69 anos ou mais que fecha o prazo para segunda dose da CoronaVac esta semana

ATUALIZADA – Já disse nesse blog que sem a compra local de vacinas contra a Covid-19, Canoas vai dormir ao relento com a pandemia assoviando na janela. Quando não são as doses de menos nos frascos, é a entrega que não acompanha a proporção da população. Agora, nem o suficiente para garantir a segunda dose para os mais idosos chegou a tempo. 12.582 pessoas com 69 anos ou mais vão bater à porta dos postos de saúde esta semana e voltar para casa com o esquema vacinal incompleto.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Atraso nas remessas da vacina põe em risco segunda dose em idosos com 69 anos ou mais

CANOAS | ’Vamos cumprir a decisão judicial’, diz secretária; volta às aulas só com segurança jurídica

 

O assunto é pano para manga, certo. Uns vão dizer que é culpa do prefeito, outros que o governador não nos olha com os mesmos olhos que vê Santa Maria e Pelotas, cidades administradas por seu partido. A verdade é que a distribuição da vacina no Brasil virou a crônica da morte anunciada, e falar em morte aqui há muito deixou de ser força de expressão.

O Ministério da Saúde começou tarde a corrida pela vacina. E agora dependemos muito do que se produz praticamente no dia em que os lotes embarcam. A estratégia de comprar de mais de um fornecedor teria ampliado a nossa cobertura atual com a vantagem adicional de menos gente depender de um único laboratório para tomar a segunda dose. Vale lembrar que não é possível garantir imunidade a quem toma doses de vacinas diferentes na primeira e na segunda vez – o que, aliás, tem a desaprovação dos médicos.

Canoas e todos os demais municípios brasileiros acabaram vítimas desse processo negacionista. Em três meses, vacinamos pouco mais de 60 mil pessoas com a primeira dose; e mal passa de 20 mil a população que recebeu as duas. Recém convocamos as pessoas com mais de 60 anos enquanto nos Estados Unidos, em 19 de abril, toda a população com mais de 18 anos já tinha garantido a sua imunização.

É por isso que acredito que só vamos acelerar satisfatoriamente a campanha de vacinação com a compra local. Tínhamos o mesmo problema com os testes e, quando a Prefeitura os comprou, em janeiro, ninguém mais saiu com suspeita de posto algum sem o exame na mão. Temo que com a vacina seja o mesmo: a conta-gotas, avançamos pouco – e pouco impacto há na retomada da economia se não houver uma população majoritariamente imunizada.

 

ATUALIZADA – Pela manhã, a Prefeitura de Canoas atualizou o número de pessoas que devem ficar sem a segunda dose da vacina contra a Covid-19 pelo atraso na entrega da CoronaVac de 10,2 mil para 12.582. O texto já foi atualizado.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »