política

Cachoeirinha terá nova eleição: TRE cassa Miki e Maurício; Cristian será o novo prefeito

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acaba de cassar o prefeito Miki Breier (PSB) e o vice Maurício Medeiros (MDB) por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2020.

Assim que for publicado o acórdão, o presidente da Câmara Cristian Wasem (MDB) será o novo prefeito de Cachoeirinha até que, em até 90 dias, seja marcada nova eleição.

Por 7 a 0, além da cassação dos diplomas eleitorais, Miki foi condenado a uma inelegibilidade de 8 anos e multa de R$ 21 mil.

Maurício não foi considerado inelegível e pode concorrer no pleito suplementar.

Maurício exercia o cargo de prefeito após o afastamento de Miki em 30 de setembro, por ordem da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, sob suspeita de corrupção nas operações Proximidade e Ousadia do Ministério Público.

No julgamento que começou às 14h desta terça-feira, o desembargador Francisco José Moesch, que tinha pedido adiamento na última sessão, seguiu os pilares do voto do relator, o desembargador federal Luis Alberto Aurvalle, que apontou diferentes responsabilidades de Miki e Maurício no pagamento de vantagens financeiras a servidores públicos, o que é vedado em período eleitoral.

Ainda cabe apelação ao próprio TRE, o que já foi confirmado ao Seguinte: pelo advogado André Lima, além do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Supremo Tribunal Federal (STF), o que, em caso de exito, faz com que os cassados retomem os diplomas eleitorais.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que levou a cassação foi movida pelas coligações de Dr. Rubinho e Antônio Teixeira, candidatos derrotados nas eleições, o que já detalhei nos artigos Cachoeirinha pode ter nova eleição em 2022 e Miki e Maurício inelegíveis até 2028; MP incendeia julgamento de cassação pelo TRE e O que diz defesa de Miki e Maurício sobre ameaça de nova eleição: ’Perdedores nas urnas tentam alterar os fatos’; O Efeito Orloff.

O Seguinte: busca contato com Miki e Maurício. A qualquer momento novas informações.

Ao fim, cumpra-se.

Minha análise já apresentei em É absurda cassação de Miki e Maurício pelo TRE.

Inevitável repetir: pobre Cachoeirinha!, parada há dois anos pela política, suas CPIs, impeachments, políticos reféns e, agora, novas esperanças à venda na eleição suplementar. 

 

Assista ao julgamento

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »