política

A política de Cachoeirinha está na m.!

Cachoeirinha está, literalmente, na ‘m.’

Vive sua mais grave crise política; e muito por culpa de malfeitos, não feitos ou feitos errados de seus políticos. Não sou caça-cliques, daqueles que no Grande Tribunal das Redes Sociais não permitem aos políticos mais que a presunção de culpa. Mas está difícil salvar alguém.

A campanha da oposição pelo #ForaMiki é um desastre. De audiência, já que 20 pessoas, se muito, foram ao ato na quinta-feira passada, e, o que mais me preocupa, comete um grave erro de concepção.

Tem panfletos circulando e até outdoors, supostamente financiados por uma ‘vaquinha’ entre políticos oposicionistas e empresários interessados e interesseiros, cuja arte do material tem como ilustração uma merda ‘estilizada’.

Reputo isso diz muito.

Comprove-se Miki Breier (PSB) o maior corrupto – flagrado – da história de Cachoeirinha, como narra o Ministério Público Estadual e se deliciam os adversários do prefeito afastado pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça por supostamente chefiar uma orcrim, que fraudou contratos e distribuía mensalões e mensalinhos do lixo, que credibilidade transmite uma oposição que usa uma baixaria dessas em sua propaganda?

Lembrou-se aquele adesivo que bárbaros colavam na entrada do tanque de gasolina do carro com Dilma, presidente da República, uma senhora, avó, de pernas abertas.

Para além de grotesco, incivilizado, é infantil.

É essa gente, que reúne diferentes partidos em uma reunião (ideologicamente MarxDonalds) contra Miki e aprova um material com um ‘coco estilizado’ como protagonista?

E quando, e se, um dia governarem? Serão também reféns dessa informação por meme, do mocinho e do vilão do dia, conforme os humores do Grande Tribunal das Redes Sociais, alimentados por desinformados e, principalmente, informados do mal?

Dos Grandes Lances dos Piores Momentos é que a campanha joga o povo contra os vereadores, cobrando aprovação de um impeachment que está suspenso judicialmente!

Parem Cachoeirinha que eu quero descer!

Como já alertei antes, e acertei: atropelaram o quarto(!) impeachment e transformaram em um fiasco que pediu música do Fantástico em suspensões pelo Judiciário.

Culpado ou inocente, na ânsia de cassar vão ‘absolver’ Miki. E vitimizá-lo, com esse cancelamento/linchamento que remete a desenhos em nossos cadernos na 5ª série.

Ao fim, alerto desde o ano passado para a fama de cidade de bandidos que ganha Cachoeirinha, tamanha falta de limites no denuncismo; e, também malfeitos.

‘República da Chinelagem’, apelidei.

Não invoquei o Pai Merdanelles, aquele que faz previsões não nos búzios ou na borra do café, mas sim na espuma da cerveja e na cinza do cigarro, mas profetizei: “… É inevitável o ‘Efeito Orloff’ dessa razia da política. Vai arrastar todos os políticos, de oposição ou governos, puxa-sacos, aspirantes e CCmaníacos que querem tomar a Prefeitura de assalto, ao fuzilamento pelas metralhas de teclados no Grande Tribunal das Redes Sociais – cujas ‘togas’ pendem para ambos lados da ferradura ideológica…”.

Segui: “… O ‘Eu Sou Você Amanhã’ do comercial de vodca de 1987, que ontem tornou presidiário o denunciador dos “300 picaretas do Congresso”, é experimentado hoje pelo deprimente da república, assim como aconteceu no interregno com o juiz ladrão…”.

Avisei: “… Quem paga a conta dessa molecagem – e do rancho – é o povo. Ou alguém não sabe que um governo walking dead – e forçadamente parado – é porto para o assalto de todo tipo de pirata da política? Ou alguém não antevê que governos, para não se encastelarem, precisam de oposição com credibilidade para que a sociedade não escolha apenas o 'menos pior'? Ou alguém acredita que investidores querem colocar dinheiro em uma Cachoeirinha na qual não se sabe quem será o prefeito amanhã?…”

Conclui: “… Navegando pelas redes sociais parece que os corruptos são encontrados em várias partes do mundo, quase todas aqui…”.

Nos últimos sete meses, só piorou. Afogamo-nos no Grande Tribunal das Redes Sociais e em um noticiário político-policial.

Ao fim, repito, lamentavelmente não pela última vez: pobre Cachoeirinha!

Entre feitos e malfeitos, é um #ForaPovo o que andam cometendo, não só oposição, mas governo também. Nada mais necessário que a política, mas precisarão fazer muito os envolvidos para recuperar a confiança da população.

É em momentos assim que os monstros saem do armário.

Ou da merda.

 

LEIA TAMBÉM

Do Fora Miki ao Fora Povo: Ex-candidatos a prefeito pedem renúncia de prefeito afastado; Pobre Cachoeirinha!

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »