23 de outubro

141 anos de Gravataí: por que um prefeito ’trocou’ a data do aniversário para hoje

Gravataí completa neste sábado 141 anos de emancipação política e administrativa. Um decreto assinado pelo prefeito Marco Alba (MDB) em 2016 fez do 23 de outubro, oficialmente, a data de aniversário de Gravataí, com a fundação do município documentada em 1880 e não mais 1763 – um hiato histórico de 117 anos. 

Mas, conforme reportagem produzida pelo jornalista Silvestre Silva Santos para o Seguinte:, o prefeito não assinou um documento alterando o dia, mês e ano de fundação de Gravataí, desde sempre comemorados em 8 de abril, por um desejo meramente pessoal, sem fundamentação técnica e sem que houvesse um dedicado estudo a respeito do assunto.

E esta pesquisa foi, justamente, realizada por um servidor municipal aposentado, o historiador Getúlio Xavier Osório que mergulhou nos documentos disponíveis ao longo de aproximadamente três décadas, trabalho concluído no começo do ano de 2016.

Segundo o historiador realmente existe um documento dizendo que em 8 de abril o capitão Pinto Carneiro aportou pela aldeia com aqueles que dariam início ao povoamento de Gravataí.

Getúlio Xavier Osório alerta, entretanto, que nem mesmo esta data é confiável por falta de comprovação documental.

–­ O que houve durante muito tempo foi a interpretação equivocada de um destes documentos, pois há registros de ocupação e batizados indígenas na área de Gravataí datados de 1760 –­ explicou.

 

LEIA TAMBÉM

O POVOAMENTO DE GRAVATAÍ | A última missão – PARTE 1

O POVOAMENTO DE GRAVATAÍ | Surge uma aldeia – PARTE 2

O POVOAMENTO DE GRAVATAÍ | Personagens da Aldeia – PARTE 3

O POVOAMENTO DE GRAVATAÍ | A onda privatista – PARTE 4

 

Pela pesquisa do historiador, a emancipação política e administrativa de Gravataí aconteceu em 23 de outubro de 1880. Antes, em 11 de junho, foi redigida a oficialização da criação de Gravataí na forma de documento, desmembrando-se do território de Porto Alegre.

Naquela época prevalecia o regime político da Monarquia Parlamentar, em que o presidente da Câmara era quem governava.

–­ A Câmara de Vereadores de Gravataí foi constituída de forma oficial com a posse do presidente e do corpo legislativo, circunstância que oficializou a emancipação política e administrativa de Gravataí, em 23 de outubro de 1880 –­ contou o historiador.

 

Vídeo da Prefeitura explica a troca da data

 

Documentos oficiais reforçam a tese do historiador de que aniversário de criação de Gravataí é 23 de outubro, com a instalação da Câmara e posse de seus componentes.

Quanto ao 8 de abril, não existe nada que comprove a exatidão da data nem mesmo que se trata de um documento realmente escrito pelo capitão Pinto Carneiro, responsável por trazer os primeiros índios Guaranis para iniciar o povoamento da aldeia.

Já o 23 de outubro está registrado nos anais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul como a data de criação do município.

 

: Reprodução do documento da Assembleia Legislativa disponível no Museu Municipal Agostinho Martha

 

QUEM GOVERNOU

Exerceram as funções de presidente do município os seguintes vereadores:

: 1880 – Major Bernardo Joaquim Ferreira

: 1883 – Coronel Antônio Rodrigues da Fonseca

: 1887 – Manoel Antônio Ramos

: 1888 – João Francisco Soares Lima 

: 1889 – Capitão Horácio Antônio Gomes

 

A partir de 1890 o Executivo passou a ser exercido pelos seguintes Intendentes:

: 1890-1891 – João Maria da Fonseca

: 1892 – Tenente-coronel Bernardo Joaquim Ferreira

: 1893 – Leonel de Vargas

: 1894-1898 – Capitão Juvêncio Xavier de Abreu

: 1899-1908 – Antônio Afonso de Jesus

: 1906 – Jorge Lessa – assumiu interinamente

: 1909-1912 – Ernesto Antônio Gomes

: 1913-1922 – João de Azevedo Barbosa Filho

: 1923-1926 – João de Azevedo Barbosa Filho (Reeleito)

: 1927-1930 – Demétrio Alves da Silva

 

A partir de 1930, assumiram os seguintes prefeitos nomeados:

: 1931 – João Candido Machado

: 1931 – 1933 – José Loureiro da Silva

: 1934 – 1935 – José Marques Viana

: 1936 – Vitor Hugo Ludwig

: 1937 – 1946 – Ary Tubbs

: 1946 – 1948 – Anápio Gomes

: 1949 – 1951 – Cincinato Jardim do Valle 

: 1951 – Acelyno Francisco de Medeiros – presidente da Câmara, exerceu o mandato por dois meses

 

Prefeitos eleitos pelo voto direto:

: 1952 – 1953 – José Linck

: 1954 – 1955 – Alcides Leal da Rosa

: 1956 – 1959 – Alfredo Emilio Allem

: 1960 – 1963 – José Linck

: 1964 – 1968 – Dorival Cândido Luz de Oliveira

: 1969 – 1972 – Lídio da Silveira Peixoto

: 1973 – 1976 – Dorival Cândido Luz de Oliveira

: 1977 – 1982 – Ely Francisco Correa

: 1983 – 1988 – Abílio Alves dos Santos

: 1989 – 1992 – José Mariano Garcia da Mota

: 1993 – 1996 – Edir Pedro de Oliveira

: 1997 – 2000 – Daniel Luiz Bordignon

: 2001 – 2004 – Daniel Luiz Bordignon (Reeleito)

: 2005 – 2008 – Sérgio Stasinski

: 2009 – 2011 – Rita Sanco (impeachment)

: 2011 – Nadir Rocha (interino em outubro)

: 2011 – 2012 – Acimar Silva (eleito em votação indireta pelos vereadores)

: 2013 – 2016 – Marco Alba

: 2017 – Nadir Rocha (interino entre janeiro e março)

: 2017 – 2020 – Marco Alba (Reeleito)

: 2021 – 2024 – Luiz Zaffalon

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »